Dolár Comercial : --
Soja (CBOT) : --
Milho (B3) : --
Algodão (NY) : --
Prêmio Soja Paranaguá : --
Prêmio Milho Santos : --
Petróleo : --
Milho ESALQ : --
Soja Paranaguá : --
Milho Santos : --

🚨 ALERTA 1: Clima seco no Brasil dá suporte à CBOT

Publicado dia: 04/05/2021 09:08

Icone Icone Icone Icone

O clima seco no Brasil continua trazendo forte pressão sobre as cotações do milho na B3 e também na CBOT.

A alta do milho na CBOT acaba puxando a soja na carona, uma vez que o produtor americano ainda está definindo a área a ser plantada. No próximo dia 30 de junho o USDA fará sua primeira revisão da intenção de plantio nos EUA divulgada no final de março.

Papel dos preços na CBOT: Os preços devem continuam elevados a fim de “mudar a cabeça” do produtor americano em relação ao aumento da área total a ser plantada para a próxima temporada. Segundo a intenção de plantio divulgada no final de março, o aumento de área das principais culturas será de apenas 6 milhões de acres, quantidade insuficiente dado o quadro de O&D apertado. Segundo os comentários do CEO da ADM, o crescimento sobre os números de março será de 5 milhões de acres (soja + milho), resultando assim em crescimento total de mais de 11 milhões de acres para as principais culturas.

Demanda: No entanto, apesar dos riscos do lado da oferta, a demanda por grãos não está bem. A redução da demanda chinesa pode ser um problema para o programa americano da soja a partir de outubro, o que pode trazer maior pressão sazonal de queda. Para o milho, o trigo mais barato coloca um teto sobre os preços do cereal. O trigo na Ásia está sendo ofertado com desconto de $20 por tonelada em relação ao milho mais barato.


  • SOJA +14,00 @ 1538,00 ¢/bu
  • MILHO +10,50 @ 690,50 ¢/bu
  • MILHO B3 (set) +0,45 @ 104,10 R$/saca

Saiba mais sobre o clima em MAPAS DO CLIMA 04/Maio  


Conteúdo: soja, milho
Não há comentários para exibir